Páginas

www.marquinhodjblackmusic.blogspot.com

17 de jul de 2010

Sucesso total a volta do Charme no Amarelinho !

Dj´s Neguetão, Loopy, Marquinho & Júnior




Venho humildemente agradecer a todos que prestigiaram (16/07/10) a volta do Charme no Restaurante Amarelinho(Centro}, a casa ficou lotada !!!!

3 de jul de 2010

MATÉRIA DO JORNAL O DIA * ANO DE 2005 !!


MATÉRIA DO JORNAL O DIA DO ANO DE 2005 (SAUDADES)!!!!!!

PURO CHARME !

Festas e bailes populares movidos a música negra resistem e se multiplicam pelo Rio e na Baixada
Pedro Landim

'É ruim" de ficar parado. O ritmo desce pelas veias e as pernas começam a se mexer sozinhas. O corpo requebra e o coração pulsa na batida sensual do charme, um passeio macio pelos estilos musicais do soul e do R&B.

O negócio é se soltar em clima de paz, harmonia e romance. Os democráticos bailes de black music, quase sempre gratuitos, resistem e se propagam nos subúrbios e na Baixada, com público assíduo e identificado no ritmo. Sem preconceito e com muito suingue.

Amanhã, o clube Bohêmios de Irajá sedia o 1º Encontro dos Happy Hours, reunindo DJs de alguns dos melhores bailes, das equipes Grupo Amigos (Caxias), Point Chic (Padre Miguel) e Botequim do Charme (Cidade de Deus). O evento é inédito, de quebrar barreiras, diz Júnior DJ, do Botequim. Vamos unir os públicos fiéis de cada um numa grande festa, completa o DJ Robson Titio, de Caxias.

E o fim de semana balança. Amanhã, em Bangu, a festa Clube do Soul sacode a lona cultural com os DJs Dhema e A Coisa. Já no Mackenzie, clube que escreveu parte da história black no Rio, e agora reúne pais e filhos na pista, o baile mensal rola amanhã com os DJs Orlando, Claudinho, Jorge Sucesso e Júnior.

Ícone do gênero, Corello DJ, criador do termo charme para definir o ritmo intermediário, entre os sets lentos e a pancada sonora dos bailes, volta a comandar a festa no Bola Preta e hoje toca em Pendotiba. Os bailes rolam sem confusão, as pessoas se misturam, diz a vendedora Flávia Barbosa, 20 anos, que conheceu o namorado, Vagner Rodrigues, 22, no baile do Viaduto de Madureira. O casal também freqüenta o Tangará, baile mensal de rua, no Centro.

Nas pistas, do seminal James Brown à explosão de Usher, de Tim Maia à banda-revelação Funk U, é como disse certa vez o lendário Messiê Limá, dos bailes da pesada dos anos 70: Botou balanço, dançou, o couro come.

O estilo de Corello

No repertório infinito da black music, cada DJ tem seu estilo, suas músicas e remixes preferidos. Corello definiu o charme como seu estilo, fugindo com batidas suaves das influências rítmicas que, na ressaca da disco music, no fim dos anos 70, amparadas no chamado miami bass, sedimentaram o rap e o funk, da forma como são tocados e cultuados atualmente no Rio.

A raiz do charme está no philly sound, movimento paralelo ao soul e ao funky dos anos 70, mas que só tomou forma nos 80, explica Corello. O freqüentador do baile é mais interessado em música, é pacífico e só quer dançar e namorar, resume o DJ, que às quintas-feiras faz a festa no Bola Preta. Corello, que faz aparições em festas como a Night Chifre, em Caxias, toca hoje com Fernandinho DJ na quadra da Acadêmicos do Sossego, em Pendotiba.

O baile de Caxias é comandado pelos DJs Grande e Marquinhos PQD, e hoje receberá o DJ Claysoul, grande nome e pesquisador da cena black. O público dos bailes conhece as raízes, e tem cultura musical diferenciada. Não é modismo, diz Claysoul.

Night Chifre - O baile rola às sextas-feiras na quadra da Lira de Ouro. Rua Sebastião de Oliveira 72, Centro de Caxias. Hoje, às 21h. R$ 1. Baile com Corello e Fernandinho DJ - Quadra da Acadêmicos do Sossego. Largo da Batalha. Pendotiba, Niterói. Hoje, às 21h. R$ 6 (homens) e R$ 3 (mulheres).

Coreografias sob o viaduto

O viaduto Negrão de Lima, em Madureira, treme aos sábados. E não é pelo volume de carros que o atravessam, mas por conta do som, da animação e do estilo dos freqüentadores do famoso baile.

Com uma das pistas mais visuais entre os encontros de música negra na cidade, a festa atrai milhares de jovens de diversas regiões, que capricham na produção e nas coreografias em grupo, que exibem entre as pilastras do viaduto. Na ferveção de Madureira, o charme perdeu espaço, de uns tempos para cá, para o hip hop, mas a convivência de estilos black é pacífica.

Das 22h até meia-noite, o charme domina, e o hip hop agita na madrugada, com DJs e agora também MCs mandando seus versos, diz o DJ A, um dos comandantes do baile, que acontece há 15 anos.

Viaduto Negrão de Lima s/nº, Madureira. Amanhã, às 22h. R$ 2 (mulher) e R$ 5 (homem).

Amigos unidos pelo ritmo

O 1º Encontro dos Happy Hours é a estréia de um superbaile que os produtores pretendem incluir no calendário, com as equipes: Grupo Amigos (Caxias), Point Chic (Padre Miguel) e Botequim do Charme (Cidade de Deus), além dos DJs Galo, Grande, Marquinhos PQD, Jorge Sucesso, Beto Barra, Johnny, Célio, Júnior DJ e Robson Titio.

Trabalhamos por amor à música, resume Júnior DJ. Outro ponto de encontro das equipes é a loja Black Soul Point, de Guto DJ, no Camelódromo da Rua Uruguaiana, com vinis de artistas como Kool and the Gang e New Edition, e CDs variados, remixados e até feitos sob encomenda, de R$ 10 a R$ 50. A música negra também é tema de dois documentários em produção: Sou Black Soul, de Marcos Roza, e outro sob a direção do funkeiro Mr. Catra.

Bohêmios de Irajá - Avenida Monsenhor Félix 451, Irajá (3457-4758). Amanhã, às 22h. R$ 5. Mulheres grátis até meia-noite. 18 anos.

Ponto Chic o dia inteiro

Em pleno centro comercial de Padre Miguel, a música negra dá o tom das tardes de domingo. O Baile Point Chic Charme rola no Ponto Chic de Padre Miguel, com os DJs Jorge Sucesso e Beto Barra. O som começa a rolar no local a partir das 10h para embalar o agito nas redondezas, e às 17h o baile charme começa pra valer e vai até as 23h.

Há bares, restaurantes, lanchonetes e sorveterias na área, além de casas com bailes de forró e funk. A mistura de sons atrai gente de estilos diferentes, que acabam no baile charme cujo palco é a rua. O evento em Padre Miguel se destaca por reunir diferentes gerações da black music, a garotada e os coroas, dançando juntos as mesmas músicas.

Ponto Chic de Padre Miguel - Rua Figueiredo Camargo s/nº, Padre Miguel. Grátis.

Roteiro

ADEGA RECANTOS - A equipe Botequim do Charme, com os DJs Célio e Júnior, está reativando a happy hour na casa. Adega Recantos. Rua Carolina Machado, Marechal Hermes. Dom, às 19h. Grátis. 18 anos.

BAILE DE FLASHBACK E MIDBACK - O tradicional baile mensal atrai antigos freqüentadores da cena black, público adulto na maioria, a partir de 30 anos, com sets de música lenta e os DJs Orlando, Claudinho, Jorge Sucesso e Júnior DJ. Mackenzie. Rua Dias da Cruz 561, Méier (2269-0082). Amanhã, às 23h. R$ 5. Mulheres grátis até meia-noite. 18 anos.

BOTEQUIM DO CHARME - A Cidade de Deus é palco do baile com o melhor do R&B, hip hop, slow jams, flashback e midback. No comando, Célio DJ, Júnior DJ, Marquinhos Bradesco, Marcão e Mr. Paulão Black Power. Botequim do Charme. Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes 1.604 (em frente ao posto Ipiranga). Cidade de Deus, Jacarepaguá. Às 22h. Grátis. 18 anos.

CLUBE DO SOUL - O concorrido baile trimestral de Bangu é comandado pelo DJ Dhema e nesta edição recebe o performático DJ A Coisa. O baile costuma vir acompanhado de exposições de fotos, com um histórico do movimento black no Rio. Lona Cultural Hermeto Pascoal. Praça 1º de Maio s/nº, Bangu. Amanhã, às 21h. R$ 6. 18 anos.

CHARME BOLA - Os DJs Corello e Fernandinho fazem a festa na tradicional casa do Centro. O ambiente reúne muita gente que vai direto do trabalho dançar e azarar. Bola Preta. Avenida Treze de Maio 13, 3º andar, Cinelândia (2240-8049). R$ 5 (mulheres) e R$ 7 (homens). Qui, às 19h. 18 anos.

MIDNIGHT CHIFRE - As sextas-feiras fervem em Caxias com o Night Chifre, dos DJs Grande, Titio e Marquinhos PQD. Hoje tem participação do DJ Claysoul. Quadra da Lira de Ouro. Rua Sebastião de Oliveira 72, Centro de Caxias. Hoje, às 20h. R$ 1. 18 anos.

Freddie Jackson-You Are My Lady

AL B. SURE - "Nite and Day" Live

JOE - I Wanna Know" Live